Olho d'água, v. 2, n. 1 (2010)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

AS MEMÓRIAS DE VIAGENS À ITÁLIA NA POESIA E NA CRÔNICA DE CECÍLIA MEIRELES

Leonardo Chioda

Resumo


A análise das associações entre as crônicas de Cecília Meireles sobre suas viagens à Itália, publicadas no jornal Diário de Notícias nos anos de 1953 a 1958, e o seu livro Poemas Italianos, publicado postumamente em 1968, é um trabalho que favorece o conceito de literatura de viagem. Tendo em vista a sua intensa atividade em vários países da Europa e do resto do mundo, sua relação com a Itália vem a ser a menos explorada por pesquisadores e estudiosos de sua obra. A importância de suas crônicas e poemas inspirados nesse país começa no sentido de irmandade que a escritora ressalta em seus versos e parágrafos ao dar-se conta da imponência arquitetônica e histórica que perdura no solo, na paisagem e na memória italiana. Considerando as crônicas e o livro de poemas como sendo registros de seus itinerários, o artigo traça as convergências entre as obras e contribui para uma descrição mais nítida de suas memórias enquanto poetisa, cronista e, sobretudo, viajante.

Texto Completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.

Resultado de imagem para erih plus periodicos

Resultado de imagem para livre periodicos

Resultado de imagem para endereço imagem redib 

Resultado de imagem para redib

Resultado de imagem para mla international bibliography

Resultado de imagem para oaji periodicos

Resultado de imagem para capes periódico